SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue1Chemical control of Fusarium head blight of wheat and its effect on grain production and seed qualityAgronomic evaluation of nitrogen-fixing bacteria isolated from Andean soils in lettuce and tomato seedlings author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

  • Have no cited articlesCited by SciELO

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Investigación Agraria

On-line version ISSN 2305-0683

Abstract

OLIVEIRA BORGES COSTA NEVES, Flávia de et al. Meios de cultura e efeito do óleo essencial de melaleuca no crescimento micelial de Stemphylium sp. Investig. Agrar. [online]. 2021, vol.23, n.1, pp.40-46. ISSN 2305-0683.  https://doi.org/10.18004/investig.agrar.2021.junio.2301578.

Espécies do gênero Stemphylium são responsáveis por uma série de doenças de plantas, como as solanáceas, com destaque para a queima-de-estenfílio, que afeta a produtividade de culturas carentes em fungicidas disponíveis. Diante disso, propôs-se com esse trabalho a determinação de um meio de cultura que viabilizasse o crescimento micelial de Stemphylium sp. isolado de cebola para posterior avaliação do efeito do óleo de melaleuca (M. alternifolia), sob diferentes concentrações in vitro, no desenvolvimento desse patógeno. Para isso, no primeiro ensaio foram testados oito meios de cultura: Batata-Dextrose-Ágar (BDA); Suco V-8® Ágar a 5%; Suco V-8® Ágar a 10%; Suco V-8® Ágar a 20%; Suco de Tomate a 5% (ST5%); Suco de Tomate a 10% (ST10%); Suco de Tomate a 20% (ST20%) e Extrato de Malte Ágar 2%. Aos 10 dias e aos 15 dias o maior crescimento foi identificado com os tratamentos ST20% e BDA e opostamente, os tratamentos V8-5% e V8-10% o menor crescimento. No segundo ensaio, o óleo de melaleuca foi testado em cinco concentrações (0; 0,2; 0,4; 0,6 e 0,8%) diluído em BDA e se determinou o IVCM (índice de velocidade do crescimento micelial). O óleo essencial de melaleuca reduziu significativamente o crescimento micelial de Stemphylium sp. com melhor ajuste à equação quadrática y = 28,074x2 - 46,136x + 19,94. Conclui-se que o meio de cultura ST20% proporcionou o maior crescimento in vitro e que o óleo de melaleuca adicionado ao meio de cultura nas concentrações de 0,6 e 0,8% foram capazes de reduzir o IVCM, podendo representar alternativa promissora para o controle deste patógeno.

Keywords : Controle in vitro; Melaleuca alternifolia; Queima-de-estenfílio.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )