ISSN 2312-3893
versão online

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

A Revista Virtual de la Sociedad Paraguaya de Medicina Interna adota as normas uniformes para a apresentação de manuscritos para a publicação de revistas biomédicas enunciadas pelo Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas, disponível em:http://www.medicc.org/mediccreview/documents/requisitos-de-uniformidad-para-manuscritos.pdf
1. Remitir cópia do artigo escrito em folha tamanho A4, tipografia Times New Roman, tamanho 12, versão Microsoft Word©, espaçamento simples, ao e-mail da secretaria:revistavirtual@spmi.org.py. Os artigos que não obedeçam a estes requisitos não serão admitidos.
2. As cópias deverão estar acompanhadas por uma carta dirigida ao Editor-chefe, apresentando o artigo remitido, declarando que é uma produção original, não publicada em nenhum outro meio, não remitida simultaneamente a outro meio de publicação e que todos os autores estão em pleno conhecimento do trabalho remitido.
3. O processo de aceitação dos artigos remitidos implica a avaliação previa por pares em dois processos:
Primeira revisão:é responsabilidade do Editor-chefe e do Comitê Editorial. Nesta primeira etapa se avalia a relevância e profundidade do trabalho e sua correspondência com a linha editorial da revista e a efetivação dos critérios gerais de publicações biomédicas.
Segunda revisão:é responsabilidade de um mínimo de dois especialistas nacionais ou internacionais da especialidade do tema tratado em cada artículo remitido; de existir pareceres contraditórios, solicita-se uma terceira opinião.
O parecer final poderá ser:
I. aprovado
II. aprovado com modificações
III. não aprovado (com sugestões e reinicio do processo)

A aprovação do artigo enviado será baseada na sua relevância, originalidade e validez científica. O parecer final emitido sobre os mesmos será comunicado exclusivamente ao autor correspondente, dentro das seis semanas posteriores a sua recepção.

Direitos do autor: a Revista Virtual de la Sociedad Paraguaya de Medicina Interna assume os direitos exclusivos para editar, publicar, reproduzir, distribuir cópias, preparar trabalhos derivados em papel, eletrônicos ou multimídia, e incluir o artigo em índices nacionais e internacionais ou bases de dados. Os autores que enviarem seus artigos concedem automaticamente a transferência de todos os direitos do autor ao Editor-chefe.

Aspectos éticos: Quando se tratar de trabalhos que incluam experiências em seres humanos, deverão incluir se os procedimentos seguidos obedecem aos padrões éticos do Conselho de Organizações Internacionais das Ciências Médicas (CIOMS) e da declaração de Helsinki de 1975, revisada no ano 2000. Não utilize o nome dos pacientes nem as suas iniciais ou o número correspondente dos mesmos no hospital, especialmente o material ilustrativo. Não poderão ser publicadas descrições, fotografias ou outros detalhes que contribuam na identificação do paciente a menos que a informação seja indispensável para a publicação, cujo caso o paciente, pai ou responsável legal deverá expressar seu consentimento por escrito. No caso de experiências com animais, indicar ter seguido os princípios básicos regidos de caráter internacional, aplicáveis às investigações biomédicas com animais, elaborados pelo Conselho das Organizações Internacionais das Ciências Médicas (CIOMS) e do Conselho Internacional da Ciência e Animais de Laboratório (ICLAS).

 

Forma e preparação de manuscritos


EDITORIAL
Preparado pelo Editor-chefe, um integrante do Comitê Editorial ou um Especialista convidado. Tratarão sobre os artigos publicados em cada volume da Revista Virtual de Sociedad Paraguaya de Medicina Interna.Deverá conter não mais de cinco referências bibliográficas.

ARTIGOS ORIGINAIS
Refere-se aos artigos inéditos e extensos de uma investigação original que trate sobre diversos aspectos da saúde do paciente adulto e onde se utilizou o método científico.
Estes artigos deverão conter invariavelmente a seguinte estrutura:

  • Título em espanhol e inglês: será conciso, claro, sem abreviaturas.
  • Nome completo dos autores, detalhando a filiação institucional e o e-mail do autor correspondente.
  • Resumo em espanhol e inglês: deverá conter até 200 palavras e será estruturado em seções: introdução, objetivos, materiais e métodos, resultados e conclusões. A versão em inglês deverá conservar a estrutura da versão em espanhol.
  • Palavras-chave em espanhol e inglês. Os términos descritores poderão ser consultados em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/meshe em: http://decs.bvs.br/cgi-bin/wxis1660.exe/decsserver/?IsisScript=../cgi-bin/decsserver/decsserver.xis&interface_language=e&previous_page=homepage&previous_task=NULL&task=start
  • Introdução: deverá justificar o estudo levantado. Utilizará informação atualizada com referências bibliográficas numeradas em ordem sequencial de aparência, aplicadas, com efeito superíndice, separados por vírgulas. Ex.: 8,14,15,19,21 ou travessão no caso de abarcar referências consecutivas muito longas. Ex.: 1-20. O último parágrafo conterá os objetivos, que serão claros e concretos.
  • Materiais e métodos: devem especificar o desenho e a população de estudo, além dos critérios de inclusão e exclusão, as variáveis medidas com os instrumentos e métodos utilizados. No aspecto estadístico, especificará o cálculo do tamanho da amostra e a gestão de dados. As questões éticas estarão indefectivelmente detalhadas. Recomenda-se consultar as Normas éticas do Conselho de Organizações Internacionais das Ciências Médicas, disponíveis em: http://www.ub.edu/rceue/archivos/Pautas_Eticas_Internac.pdf
  • Resultados: estarão redatados no tempo pretérito, poderão utilizar-se tabelas e algumas figuras pertinentes, evitando a redundância.
    As tabelas deverão ser enumeradas por ordem de aparição no texto. O título se localizará na parte superior e as notas explicativas no rodapé.
    Serão consideradas figuras aos desenhos, esquemas gráficos, mapas, fotografias e gráficos. Não devem repetir-se dados apresentados no texto ou nas tabelas. Deverão ser enumeradas por ordem em que aparecem no texto e as legendas explicativas serão inseridas na parte inferior e abrangerá informação suficiente para sua interpretação sem recorrer ao texto. O Editor-Chefe reserva-se o direito a estabelecer limites no número de figuras.
  • Discussão: interpretar os achados e a concordância, ou não, com outros trabalhos. Delimitar os aspectos não resolvidos e as debilidades do estudo. Expor o significado e as consequências teóricas do estudo. No último parágrafo da discussão serão realizadas as conclusões.
  • Referências bibliográficas: serão enumeradas e redatadas segundo as Normas de Vancouver, disponíveis em: http://www.medicc.org/mediccreview/documents/requisitos-de-uniformidad-para-manuscritos.pdf.

Os artigos deverão ater-se às regras ortográficas vigentes, utilizando uma linguagem fácil, sem ambiguidades. O manuscrito poderá conter entre 2000 y 3000 palavras sem contar as tabelas e a bibliografia. Não serão permitidos enlaces via internet no texto.
Poderão conceder reconhecimentos por a) aportes que requeiram agradecimento, mas não autoria b) agradecimento por ajuda técnica c) agradecimento por qualquer apoio detalhando a natureza do mesmo d) vínculos financeiros que poderiam gerar conflito de interesses. Os reconhecimentos deverão localizar-se no final da discussão, antes das referências bibliográficas.

REPORTES DE CASOS
Descrição de um ou vários casos que, por suas particularidades incomuns de diagnóstico ou tratamento, merecem sua publicação. O texto deverá estar composto por um resumo em espanhol e um em inglês, palavras-chave em espanhol e inglês, relatório do caso ou casos, discussão e referências bibliográficas. O número de palavras deve ser menor a 2000, sem contar as bibliografias e tabelas, com número máximo de 15 referências bibliográficas.

ARTICULOS DE REVISÃO
Trabalho de revisão sobre temas da atualidade no campo da Medicina. Constitui o produto de uma completa revisão qualitativa da literatura existente sobre um tema de relevância clínica onde analisem, sistematizem e integrem os resultados das investigações publicadas. As referências utilizadas serão dos últimos cinco anos. O autor deverá expressar sua interpretação sobre os resultados obtidos na revisão e deixar aberta a discussão sobre aspectos que requeiram maior investigação.

CARTAS AO EDITOR
Considera as observações científicas e de opinião sobre trabalhos publicados recentemente na revista ou sobre temas da atualidade. Esta seção admitirá uma tabela ou figura e cinco referências bibliográficas.

IMAGENS EM MEDICINA
Fotografias de estruturas corporais, macroscópicas o microscópicas, de padecimentos de apresentação incomum, mas que formam parte da prática médica do Internista. As imagens devem ajudar na aprendizagem visual, estarão acompanhadas de um texto explicativo breve e algumas referências bibliográficas.

TEMAS DA ATUALIDADE
Serão solicitadas pelo comitê editorial da mesma forma que os artigos de revisão deverão aportar um real interesse científico, mas sem a profundidade de análise crítico que requer um artigo de revisão. Requer um resumo não estruturado, uma introdução, texto e conclusões. Pode incluir não mais de quatro gráficos ou figuras. Deverá constar de: 1. título em espanhol e em inglês (não mais de 250 palavras); 2. Resumo e palavras-chave, em espanhol e em inglês; 3. Desenvolvimento do tema; 4. Conclusão, 5. Bibliografia.

RESUMOS DE CONGRESSOS

IN MEMORIAM

Envio de manuscritos

Sociedad Paraguaya de Medicina Interna

Pancha Garmendia NÂș 6483 entre RI2 Ytororo y RI18 Pitiantuta. Asunción-Paraguay
Tel: (595 21) 621482

revistavirtual@spmi.org.py

[Home] [Sobre Nós ] [Corpo Editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons.

Pancha Garmendia Nro. 6483 entre RI2 Ytororo y RI18 Pitiantuta.
Asunción-Paraguay
Tel: (595 21) 621482


revistavirtual@spmi.org.py