ISSN 1683-9803
versão online

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

A revista aceita para publicação artigos originais sobre temas pediátricos de pesquisa clínica e / ou experimentais, Medicina Social, de Saúde Pública e afins. Os trabalhos submetidos para publicação na revista "PEDIATRÍA" devem ser originais e inéditos e não devem estar postulados simultaneamente em outras revistas.


Todos os trabalhos científicos recebidos pela Secretaria da revista serão submetidos em primeira instância a avaliação do Conselho Editorial, que se reserva o direito de rejeitar artigos por razões técnicas ou científicas, bem como sugerir ou fazer reduções ou alterações no texto ou material gráfico.
Todos os artigos científicos aceitos pelo Conselho Editorial da revista serão encaminhados para avaliação por pares acadêmicos nacionais e / ou internacionais. A avaliação dos artigos pelos pares avaliadores é feita de forma anônima, tanto de autores como de avaliadores, assegurando a confidencialidade.


Os avaliadores emitem o seu parecer em uma das três opções: a) Aceito sem modificação, b) Aceito incorporando modificações propostas, c) Rejeitados.


A ordem de publicação dos artigos aceitos fica a critério do Conselho Editorial.
Trabalhos e opiniões que se publiquem na revista são de exclusiva responsabilidade dos seus autores. Os autores cedem à Revista a propriedade de seus direitos autorais, de modo que os artigos possam ser publicados e divulgados em qualquer forma ou meio, sob Licença de Atribuição Creative Commons.


Os artigos poderão ser traduzidos e publicados, segundo acordo pré-existente, pelas revistas oficiais das Sociedades Científicas de Pediatria do Cone Sul (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile e Uruguai). Outras reproduções devem ser devidamente autorizadas pelo Conselho Editorial.

 

 

Forma e preparação de manuscritos

Aspectos gerais
O texto dos artigos devem ser enviados em arquivo do Microsoft Word, papel tamanho carta, em espaço duplo, com margens amplas (2,5 cm). Deverão ter no máximo 15 páginas para artigos originais, de revisão e atualidades, 10 para casos clínicos e 3 para comunicações breves e notas ao Editor.


Os artigos devem ser acompanhados de uma carta do autor responsável pela correspondência sobre o trabalho (correções, revisões de prova de impressão).


Na carta devem constar endereço , número de telefone e informações adicionais consideradas necessárias, tais como o tipo de artigo enviado (trabalho original, descrição do caso clínico, revisão de temas).

Os trabalhos serão organizados na seguinte seqüência:
1. Página Inicial
2. Resumo em espanhol e palavras-chave
3. Resumo en Inglês
4. Texto
5. Agradecimento
6. Referências
7. Tabelas e figuras
8. Legendas ou notas de rodapé

1. Página Inicial
Incluirá os seguintes itens:
• Título do trabalho.
• Nome do autor ou autores na ordem em que devem aparecer na publicação.
• Local de trabalho dos autores.
• Nome e endereço do autor a quem as comunicações podem ser enviadas, precedido pela palavra "Correspondencia".
• Data de envío.


2. Resumo em espanhol e palavras-chave
• Incluir resumo de menos de 150 palavras para resumos não estruturados, e 250 palavras para resumos estruturados.
• No final do resumo, anotar de 3 a 10 palavras que serão usadas para elaborar o índice alfabético de temas da revista (palavras-chave).

3. Resumo em Inglês.
• Tradução ao Inglês do título do trabalho, do resumo e das palavras-chave.

4. Texto
• O texto do trabalho de investigação clínica ou experimental deve ser dividido nas seguintes seções:
1. Introdução
2. Material e Métodos
3. Resultados
4. Discussão

5. Conclusão
• Se se trata da descrição de um ou mais casos clínicos, a sequência é a seguinte:
1. Introdução
2. Descrição do caso ou casos clínicos
3. Discussão
• Ordenar numéricamente as referencias, gráficos, tabelas e figuras de acordo com a seqüência que aparecem no texto. Utilizar em todos os casos, algarismos arábicos. Os números devem aparecer na mesma escrita como na referência, seguindo as regras de Vancouver.

5. Agradecimentos
• Enviar autorização escrita das pessoas que serão mencionadas pelo nome nesta seção.

6. Referências Bibliográficas
• Deve conter apenas os textos citados no trabalho e serão numeradas correlativamente de acordo com sua ordem de aparição no texto. Devem-se incluir apenas as citações bibliográficas consultadas pessoalmente pelo autor ou autores do trabalho. As mesmas serão referenciadas segundo as Normas de Vancouver.

• É aconselhável não incluir referencias de resumos (abstracts) de apresentações de congressos, mesmo que tenham sido publicados em revistas médicas de circulação periódica, devido à dificuldade em interpretar corretamente os resultados de um estudo publicado em forma tão resumida.
• Incluir incialmente os sobrenomes e, em seguida, as iniciais dos nomes dos autores, separados um do outro por uma vírgula (,). A lista de autores terminará com um ponto (.). Segue-se o título completo do trabalho, separado por um ponto (.) do nome abreviado de acordo com o Index Medicus da Revista em que se encontra publicado o trabalho e ano de ocorrência daquela, seguido por um ponto e vírgula (;) . Volume de números arábicos a continuação entre parênteses ( ) cita-se o número da revista se esta estivesse seguida por dois pontos (:) e o número da primeira e última página, separadas por um hífen (-).


• Se a bibliografia mencionada possuí suplemento, o mesmo deberá ser citado a continuação do volume da revista usando a palavra Suppl ou seguido do número da revista dentro de parentesis.


• No caso de livros, a sequência será: Sobrenome (s) e inicial (is) do nome dos autores (não utilizar pontos nas abreviaturas) e separar umas das outras por vírgula (,). Título do livro, ponto (.). Número da edição, se não for a primeira. Cidade onde a obra foi publicada, dois pontos (:) Nome da Editora, ponto e vírgula (;). Ano de publicação.


• Se a citação refere-se em forma particular a uma seção ou capítulo do livro, será referenciado da seguinte forma:  Sobrenome (s) e inicial (is) do nome dos autores do capítulo, ponto (.). Título do capítulo, (.). Indicar a palabra “En” seguido por dois pontos (:). Sobrenome (s) e inicial (is) dos nomes dos editores do livro, ponto (.). A palavra "editor ou editores" se se trata de um editor ou mais de um. Título do livro, ponto (.). Número da edição, se não for a primeira. Cidade onde a obra foi publicada, dois pontos (:) Nome da editora, ponto e vírgula (;). Ano de publicação. Paginação usando ponto "p" ponto (.p.). O número da página inicial e final serão separados por um hífen.


• Quando a citação for uma "comunicação pessoal" deve ser colocada entre parêntesis no texto e não ser incluída na bibliografia.
• Para obter mais informações ver: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK7256/

Exemplos de referência
• Artigos:
Sostener N, Wassermann S, Austen K. Cold urticaria: release of histamine and eoseinophil chemostatie factor or anaphylaxis during cold challenge. N Engl J Med. 1976;294:687-90.


Rabinowitz L, Estéril N. Enfermedades ampollosas inflamatorias de la infancia. Clin Dermatol. 1993;11(3):585-90.


Shen H, Zhang Q. Risk assessment of nickel carcinogenicity and occupational lung cancer. Environ Health Perspect. 1994;102Suppl 1:275-82.
Glauser T. Integrating clinical trial data into clinical practice. Neurology. 2002;58(12Suppl):S6-12.


Livros
Velázquez J. Redacción del escrito médico. 2º ed. México: Ediciones Médicas del Hospital Infantil de México; 1998.

•  Capítulos en livros:
Unanue E, Dixon F. Experimental glomerulonephiritis: inmunológical events and pathogenetic mechanism. En: Dixon F, Humphrey J, editores. Advances in Inmunology. New Cork: Academics Press; 1969.p.1-18.

7. Tabelas e Figuras
• Todas as tabelas, gráficos e figuras devem estar dentro do texto no local apropriado, devidamente citados e con as legendas correspondentes.

8. Legendas ou notas de rodapé
• Todas as figuras devem ter as legendas correspondentes numeradas com a sequência de aparecimento no texto.

O conteúdo básico geral da revista terá a seguinte ordem:
1. Indíce
2. Editorial
3. Artigos originais: Trabalho realizado de acordo com o esquema mencionado.
4. Casos clínicos de interesse prático, com uma revisão do assunto em questão. Segundo esquema indicado.
5. Comunicações curtas: são informes de resultados parciais (preliminares) ou finais de uma investigação cuja divulgação é de grande importância.
6. Temas de Revisão: Seleção de um tema para sua revisão bibliográfica.
7. Notas para o Editor. Comentário ou discussão de temas considerados de interesse em assuntos pediátricos, trabalhos publicados anteriormente ou pedidos de informação sobre a especialidade, de interesse geral.
8. Resumos da revista, dirigidas por pessoas que trabalharam para essa seção.
9. Notícias da Sociedade Paraguaya de Pediatria.
10. Notícias e / ou comunicações de interesse pediátrico.
11. Crítica de Livros.
12. Cronicas.
13. Agenda de eventos científicos.


Contribuições enviadas a revista serão alocadas nas seções correspondentes, de acordo com as características dos artigos.


A Direcção da revista "PEDIATRÍA" não necessariamente partilha das opiniões e comentários expressos em artigos assinados publicados na revista e não é responsável pelo conteúdo dos mesmos.

 

Envio de manuscritos

Todos os artigos destinados a revista PEDIATRIA devem ser envíados registrando-se nesta plataforma da revista e carregando o arquivo como indicado nas etapas a seguir do sistema http://www.revista.spp.org.py/index.php/ped/about/submissions#onlineSubmissions

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons LicenseTodo o conteúdo deste site scielo.iics.una.py, exceto quando identificado, utiliza uma Licença de Atribuição Creative Commons.

Mcal. Estigarribia 1764 c/ Rca. Francesa
Asunción - Paraguay
Tel.: 595-21 447493
Fax: 595-21 226795


revista@spp.org.py